Mambas Recebem Ruanda na África do Sul

Mambas Recebem Ruanda na África do Sul

Já foi lido 374vezes!

O primeiro jogo da selecção nacional de futebol de Moçambique, os “Mambas”, de apuramento ao Campeonato Africano das Nações da Costa do Marfim, em 2023, será realizado na África do Sul.

O Estádio Nacional do Zimpeto (ENZ) na capital moçambicana, Maputo, não estará em condições para acolher o jogo, a 31 de Maio, uma vez que nem irá à inspecção, a 5 de Maio corrente, já que a relva implantada ainda não vincou a ponto de receber partidas. Assim, diante do Ruanda os “Mambas” vão jogar no Orlando Stadium, em Soweto, na vizinha África do Sul, segundo referiu o presidente da Federação Moçambicana de Futebol, Feizal Sidat.

Em Setembro do ano passado, o secretário de Estado do Desporto, Gilberto Mendes, disse que, no mínimo, seriam necessários quatro meses para a relva pegar. Isso na altura em que o ENZ tinha sido banido devido a irregularidades, desde a relva até à infra-estrutura em si.

Mendes visitou o recinto desportivo na passada sexta-feira e assume que “pelo estado em que está a relva, duvido que fique pronto a tempo de podermos jogar aqui. Provavelmente os próximos jogos poderemos fazer fora, porque a relva, da maneira em que está, corremos o risco de jogarmos no Zimpeto agora e estragarmos todo o trabalho que foi feito ao longo deste tempo e todo o investimento que foi feito ali”.

“O empreiteiro diz que choveu muito e o campo ficou muito lamacento. Se se jogar, levanta tudo e estraga todo um trabalho que está a ser feito”, frisou.

Mendes avançou ainda que além da implantação da relva, o processo de instalação das torniquetes já está em curso, assim como a vedação na infra-estrutura desportiva.

Ele mostrou-se preocupado pelo facto de os gastos com o processo de reabilitação e renovação do Estádio estarem a aumentar, sendo que, até agora, já foram gastos mais de 60 milhões de meticais.

O ENZ é um dos estádios reprovados em Outubro do ano passado pela Confederação Africana de Futebol (CAF), principalmente, devido ao mau estado da relva, o que impediu que os ‘Mambas’ realizassem os jogos com Camarões e Malawi em casa, nos embates de apuramento ao Mundial Qatar-2022.

Um dos maiores requisitos impostos pela CAF, é a colocação de torniquetes que servem para o controlo do número de espectadores. A vedação e a iluminação assim como as casas de banho também não jogaram a favor do ENZ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

pt_PT