CCM Participa na Expo de Engenharia e Saúde no Paquistão

CCM Participa na Expo de Engenharia e Saúde no Paquistão

Já foi lido 192vezes!

Uma delegação de empresários da Câmara de Comércio de Moçambique (CCM), liderada pelo seu presidente, Álvaro Massingue, participa desde hoje até 27 de Fevereiro corrente, na Exposição de Engenharia e Saúde do Paquistão-2022, acolhida no Expo Center Lahore, em Lahore.

A exposição é chancelada pela Autoridade de Desenvolvimento Comercial do Paquistão (TDAP), e serão exibidas 21 categorias de produtos do sector de engenharia e saúde de cerca de 46 países da África, incluindo Moçambique, e países da Ásia Central.

“A exposição visa conectar exportadores e compradores estrangeiros e criar estratégias para a sua entrada nos mercados pouco explorados, no entanto, com bastante potencial como é o caso de Moçambique”, refere a CCM em comunicado de imprensa enviado esta sexta-feira à AIM.

Também se juntaram à delegação, empresas da região centro de Moçambique, representadas pela AMA Equipamentos, que se dedica ao fornecimento de material hospitalar e mobiliário, da região norte, representadas pela Mathária Empreendimentos, que actua no ramo de processamento de produtos nacionais (batata-doce, moringa, etc.) e da região sul representadas pela Somofer, empresa ligada ao ramo de engenharia e construção.

O Presidente da CCM diz que o evento é uma oportunidade para os membros, representantes das Pequenas e Medias Empresas (PMEs) locais exibirem os seus produtos nos mercados em destaque, buscarem oportunidades e novas estratégias para transferência de tecnologias em agro-processamento, e conexões para Moçambique numa perspectiva “Win-win”.

“É um privilégio para a nossa Câmara estar aqui em Lahore. Os nossos membros precisam ter estas oportunidades para sentirem-se motivados. O apoio incondicional do Paquistão mostra que temos um grande potencial para crescer nas áreas de Saúde e Engenharia”, disse Massingue, citado no comunicado.

Por outro lado, afirmou haver outros interesses no que diz respeito à aquisição de maquinaria para as diversas áreas, como é o caso da Agricultura.

Para o representante da AMA Equipamentos, Augusto Martinho, mais do que encontrar empresas que podem fornecer material médico que Moçambique precisa, a um preço competitivo, é preciso olhar para Paquistão como um potencial fornecedor de bens e serviços.

Por sua vez, o representante da Somofer, também Presidente do Pelouro da Cooperação Internacional na CCM, Assif Panjwani, assegurou que já estabeleceu boas conexões com investidores do sector automóvel, de motociclos e alimentar.

“Viemos buscar parcerias de investimentos e colocar produtos moçambicanos a disposição de Paquistão, por exemplo, o algodão e a castanha de caju potencialmente produzidos”, disse Panjwani, reafirmando que ambos países podem juntar sinergias pois Paquistão dispõe de maquinaria para agricultura e está num nível avançado na área têxtil.

Nesta exposição estão patentes encontrados equipamentos de segurança, instrumentos cirúrgicos, máquinas agrícolas, artigos desportivos, instrumentos musicais, auto-peças, gemas e jóias, cosméticos, móveis, borracha e seus afins, plásticos e seus implementos, papelaria, papelão, máquinas eléctricas, panelas, mármore, minerais, aço e ferro, material de construção, talheres, dispositivos móveis, artesanato, produtos químicos e farmacêuticos.

Em Dezembro último, a CCM rubricou um memorando de entendimento com a Câmara de Comércio e Indústria de Paquistão com vista a desenvolver e implementar acções para atrair investimentos entre os dois países.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

pt_PT