Báruè Poderá Exportar Soja Para o Mercado Europeu

Báruè Poderá Exportar Soja Para o Mercado Europeu

Já foi lido 110vezes!

O distrito de Báruè, na província central de Manica, em Moçambique, poderá começar a exportar soja para o mercado europeu a partir do primeiro semestre do corrente ano.

Báruè produz anualmente uma média de três mil toneladas de soja. Infelizmente, parte considerável desta cultura acaba por se deteriorar nas mãos dos produtores devido a falta de mercado.

A informação foi confirmada hoje, pelo administrador do distrito de Báruè, David Franque. Explicou que o interesse neste sentido foi manifestado pela Polónia, um dos países europeus interessado em comprar a sopa produzida em Báruè.

‘É um plano que, para nós, constitui uma lufada de um ar fresco para os produtores da soja que, algumas vezes, não têm mercado para colocar o produto. Caso este plano se concretize, o distrito poderá aumentar a produção da soja para assegurar a disponibilidade de soja em quantidades elevadas’, disse David Franque.

Afirmou que decorrem trabalhos para identificar uma empresa intermediária que vai transportar a soja das zonas de produção até ao porto da Beira.

‘Essa empresa vai apenas assegurar que o produto saia do campo de produção até ao porto da Beira de onde será transportado para a Europa. Teríamos iniciado com a exportação, mas a maior dificuldade é a falta de transporte. Mas acreditamos numa solução a curto prazo’, disse.

‘O nosso apelo é que caso haja uma empresa interessada poderá contactar-nos para iniciarmos com a actividade. Todos os acordos já estão formalizados com a Polónia. Apenas falta começarmos a exportar’.

Sem avançar o número de camponeses envolvidos na produção da soja o administrador de Báruè assegurou que com um comprador garantido, a produção pode aumentar das actuais três para 10 mil toneladas por cada época.

‘Temos terra e um clima favorável para a produção desta cultura de rendimento. O que faltava era onde colocar o produto depois do campo. Esperamos que essa abertura do mercado europeu traga múltiplas vantagens para a população, aumentando desta forma, a renda familiar’, acrescentou David Franque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

pt_PT