Sofala Arrecadou Mais de 19 Mil Milhões de Meticais em Receitas Fiscais

Sofala Arrecadou Mais de 19 Mil Milhões de Meticais em Receitas Fiscais

Já foi lido 221vezes!

A Autoridade Tributária de Moçambique (AT) arrecadou cerca de 19,65 mil milhões de meticais (307.788.472,52 dólares norte-americanos) da meta de 16,16 mil milhões de meticais (253.119.111,42 dólares) no ano de 2021 de cobranças de impostos, na província central de Sofala, contribuído com 7,1 por cento da receita fiscal total do país.

A informação foi divulgada, hoje, em Sofala, pela Presidente da Autoridade Tributária, Amélia Muendane, durante a cerimónia de patenteamento dos cerca de 90 funcionários aduaneiros, dentre oficiais superiores, subalternos e sargentos, num programa que pretende abranger 1927 funcionários em todo o País.

“Os eventos climáticos impactaram significativamente na actividade económica da província e consequentemente no desempenho do sistema tributário. Porém, os níveis de arrecadação de receita não foram fortemente afectados, tendo esta parcela do país contribuído com 7,1 por cento da receita fiscal total, em 2021, ao cobrar cerca de 19,65 mil milhões de meticais da meta de 16,16 mil milhões de meticais no período em análise”, explicou.

Muendane sublinhou que “a meta alcançada resulta do esforço dos diferentes actores da administração fiscal em todo o território nacional, na busca de recursos para o financiamento da agenda de desenvolvimento e garantir a segurança económica contra a penetração de produtos nocivos à economia e à sociedade”.

Os patenteados foram instados a adoptarem uma postura irrepreensível e profissional, baseada no bem comum.

“Acreditamos que os oficiais aqui perfilados, guiados pelos princípios e valores que movem a nossa instituição serão os motores que vão dinamizar a nova postura do funcionário aduaneiro”, desafiou.

Muendane reconhece os desafios na luta contra os diferentes crimes fiscais que prejudicam as riquezas nacionais, tento arrolado o combate ao contrabando, à corrupção, ao descaminho, falsos trânsitos e desvios de rotas que caracterizam os corredores, como prioridade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *