Moçambique Vai Importar 175 Mil Toneladas de Combustíveis

Moçambique Vai Importar 175 Mil Toneladas de Combustíveis

Já foi lido 120vezes!

Moçambique vai importar mais 175 mil toneladas de combustíveis no próximo contrato, cujo concurso internacional para a selecção da empresa fornecedora vai ser lançado no dia 15.

O director-geral da Importadora Moçambicana de Petróleos (Imopetro), João Macandja, disse que as empresas candidatas têm de apresentar propostas até Janeiro.

“O critério de selecção da próxima entidade para importação de combustível será o melhor preço, segurança e fiabilidade”, afirmou Macandja, citado este sábado pelo “Notícias”.

O director-geral da Imopetro avançou que a empresa seleccionada será responsável pela importação de um total de 1.290.000 toneladas de combustíveis durante os seis meses cobertos pelo contrato – a arrancar no primeiro semestre de 2022, mas ainda sem data – mais 175 mil do que no contrato em vigor, estabelecido com a multinacional Vitol, que substituiu a TotalEnergies.

Todo o combustível líquido que está à venda em Moçambique (gasóleo, gasolina e combustível para aviões) e o gás de petróleo liquefeito (GPL, usado como gás de cozinha) é importado, por via marítima, em cargueiros especiais.

O processo está centralizado por lei numa única entidade, a Imopetro, detida pelas distribuidoras de produtos petrolíferos que operam no país.

A cada seis meses, a empresa pública pergunta-lhes quanto combustível precisam para o próximo meio ano e lança um concurso internacional para escolher quem tem melhor preço e qualidade para fornecer todo o mercado moçambicano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

pt_PT