Vanduzi Quer Tornar-se Referência Nacional na Produção de Milho

Vanduzi Quer Tornar-se Referência Nacional na Produção de Milho

Já foi lido 202vezes!

O distrito de Vanduzi, na província de Manica, centro de Moçambique, quer tornar-se uma referência nacional na produção do milho para garantir a segurança alimentar e nutricional da população.

A vontade neste sentido foi manifestada no encerramento da II conferência distrital de desenvolvimento do distrito, evento que juntou membros do governo, parceiros de cooperação, empresários, investidores, entre outros convidados para esta reunião de divulgação das potencialidades do Vanduzi.

“Nosso compromisso é o aumento da produção de cereais, com destaque para o milho. Queremos que este distrito se torne a capital do milho. Num futuro não muito distante, vamos abastecer outras regiões com problema de alimentação. Nosso objectivo é garantir a segurança alimentar nutricional da população”, disse o administrador do distrito de Vanduzi.

João Amade afirmou que o distrito produz, em medida, mais de 130 mil toneladas de cereais, uma quantidade que poderá ser incrementada com a adopção de novas técnicas de produção agrícola.

O distrito tem um universo de 26 mil produtores, na sua maioria do sector familiar. Produz milho, mapira e mexoeira, bem como hortícolas, numa área de cerca de 98 mil hectares.

Disse que o sucesso deste desejo depende da contribuição de todos os intervenientes na cadeia de produção que envolve o governo, os produtores e parceiros que trabalham no ramo agrícola.

“Os níveis de produção nos alegram bastante a olhar para aquilo que a população tem estado a produzir. Mas acreditamos que precisamos de fazer mais para a nossa segurança alimentar. O nosso distrito produz muito milho. Temos terra e condições agro-climáticas favoráveis para a prática da agricultura. Nosso desejo é nos tornarmos a capital do milho”, disse.

O secretário de Estado na província de Manica, Edson Macuácua, considerou a II conferência distrital de Vanduzi, um momento de debate dos problemas que preocupam a população.

“O que percebemos nesta conferência é que alguns parceiros precisam de espaço para a materialização de algumas iniciativas e projectos. Como governo, o papel é de facilitar estas actividades. O Estado não é fazedor da economia. Apenas é o regulador da economia. Por isso, convidamos a todos para investirem no distrito de Vanduzi e no país, em geral”, afirmou Macuácua.

O distrito de Vanduzi é o décimo na província de Manica, dos 12 a realizar a conferência sobre investimento.

No encerramento da conferência foram assinados 11 memorandos de entendimento entre os parceiros e o governo do distrito.

Os memorandos consistem na reabilitação de vias de acesso, construção de uma escola, mercado, entre outras iniciativas de carácter social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

pt_PT