UE Concede 400 Milhões de Euros Para Mitigar Efeitos das Mudanças Climáticas

UE Concede 400 Milhões de Euros Para Mitigar Efeitos das Mudanças Climáticas

Já foi lido 100vezes!

A União Europeia (EU) vai investir cerca de 400 milhões de euros ao longo dos próximos quatro anos, para potencializar processos de resiliência e mitigação dos efeitos das mudanças climáticas em Moçambique.

O anúncio foi feito hoje, em Xai-Xai, em conferência de imprensa pela chefe de cooperação União Europeia em Moçambique, Isabel de Almeida, no quadro de uma visita de trabalho de três dias, a alguns distritos da província meridional de Gaza, ciclicamente afectada por eventos extremos tais como cheias e secas.

Segundo a Rádio Moçambique, emissora nacional, Isabel de Almeida destacou o contínuo apoio ao país para reduzir os efeitos das mudanças climáticas através de projectos de segurança alimentar, construção de sistemas de água, preservação de biodiversidade, entre outros.

“O problema das mudanças climáticas não é só de um país, de um continente, é um problema do planeta, e a União Europeia está na linha da frente no domínio da advocacia”, disse a fonte.

“Moçambique tem um papel importante nesta dinâmica, estamos a trabalhar com as autoridades para avançarmos e é preciso também adaptarmos medidas de adaptação as mudanças climáticas e também de mitigação das mudanças climáticas”, acrescentou.

A fonte referiu que decorrem actualmente os preparativos para a conferência em Glasgow que é a “COP 26” e urge o empenho de todos para avançar para evitar o aumento da temperatura acima de 1,5 graus centígrados.

Durante três dias, a missão de cooperação da EU em Moçambique, vai escalar os distritos de Massingir, Mabalane, Mapai e Chicualacuala, localizados no Parque Nacional de Limpopo (PNL), sul de Moçambique, considerados os vulneráveis aos efeitos das mudanças climáticas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

pt_PT