Barragem Dos Pequenos Libombos Poderá Incrementar Descargas

Barragem Dos Pequenos Libombos Poderá Incrementar Descargas

Já foi lido 114vezes!

A barragem dos Pequenos Libombos (BPL), na província meridional de Maputo, poderá nos próximos oito dias incrementar descargas dos actuais 3,2 para 7,5 metros cúbicos por segundo, anuncia a Administração Regional de Águas do Sul (ARA-Sul).

Com as descargas, a ARA-Sul visa garantir reserva para o encaixe de eventuais escoamentos que possam ocorrer durante a época chuvosa que inicia no mês em curso.

Um comunicado de imprensa da ARA-Sul enviado à AIM refere que a medida é tomada tendo em conta as previsões hidro-climatológicas, atendendo o estado de enchimento da BPL e da Barragem de Montante, nomeadamente a Barragem de M’njoli, que se localiza no Reino do E-Swatini, bem como para salvaguardar a segurança da infra-estrutura.

O plano poderá sofrer alterações em função da actualização periódica das previsões, incluindo o regime das afluências que venham a ocorrer.

“Não se prevêem impactos significativos à jusante da BPL, mas, a ARA-Sul, IP, apela à sociedade, em geral, para a tomada de medidas de precaução, evitando a travessia e sobretudo a prática da agricultura junto ao leito do rio Umbeluzi e de outros rios na zona sul do país”, lê-se na nota.

Após período prolongado de seca, na segunda metade da época chuvosa 2020/2021, nos últimos meses a região sul registou precipitação intensa na Bacia do Umbeluzi, o que permitiu uma recuperação satisfatória do armazenamento da BPL, de cerca de 16 por cento para os actuais 91 por cento.

Segundo as previsões meteorológicas divulgadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INAM) e de escoamento da Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos, há probabilidade de ocorrência de risco moderado a alto na Bacia Hidrográfica do Rio Umbeluzi.

Instituição tutelada pelo Ministério das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, a ARA-Sul desenvolve a sua actividade desde a fronteira sul até a Bacia do rio Save, que separa as regiões sul e centro de Moçambique.

Além da BPL, a ARA-Sul gere também as barragens de Corumana e Massingir, incluindo açude de Macarretane, na bacia do Limpopo.

A ARA-Sul gere também barragens menores, diques, e outras estruturas hidráulicas e uma extensa rede de estações hidro-climatológicas.

Além do planeamento, garantia da disponibilidade e distribuição equilibrada de recursos hídricos superficiais e subterrâneos, e do controlo do uso e aproveitamento de água superficial e subterrânea, descarga de afluentes e de outras actividades que afectam os recursos hídricos, a ARA-Sul outorga de direitos de uso e imposição de taxas relacionadas, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

pt_PT