DICAS CONTÁBEIS: FLUXO DE CAIXA

DICAS CONTÁBEIS: FLUXO DE CAIXA

Já foi lido 148vezes!

Os gestores das micro, pequenas e médias empresas podem se auxiliar na tomada de decisões de ferramentas de gestão específicas às funções operacionais corporativas como os relativos às componentes de marketing, finanças, recursos humanos e produção. No caso do controle financeiro dentre outras ferramentas existentes podem recorrer ao fluxo de caixa.

Motivação:

O Fluxo de Caixa permite-lhe projectar as entradas e saídas de recursos financeiros em um determinado período. Além disso, auxilia-o a identificar despesas desnecessárias ou que podem ser reduzidas e realocadas para outras áreas com necessidade de investimento.

Este instrumento fornece informações cruciais na tomada de decisões designadamente:

  • Apoio aos credores, evidenciando as fontes de recursos e a capacidade de pagamento das empresas;
  • Auxilia aos administradores internos na gestão operacional, ilustrando as capacidades de honrar obrigações como o pagamento de energia eléctrica, salários dos trabalhadores, fornecedores, dividendos a acionistas entre outras despesas pagas com caixa assim como aquisição e financiamento dos activos circulantes e fixos. Normalmente os problemas de insolvência ou falta de liquidez ocorrem devido a ausência de uma administração adequada ao fluxo de caixa;
  • Proporciona aos investidores a visão sobre a capacidade de expansão da empresa utilizando-se de recursos  próprios (gerados pelas operações), ou seja, o papel cumprido pelo  autofinanciamento;
  • Revela se a empresa tem capacidade de distribuição de lucros e/ou se a política de distribuição não compromete sua saúde financeira. 

Assim, de acordo com o acima exposto um empresário pode tomar decisões mais correctas de abordagem com clientes, fornecedores, investimento e tomar medidas estratégicas de gestão e aplicação dos seus recursos que são escassos ou mesmo de recorrer a uma solução de crédito com uma maior visão da sua real capacidade de pagamento da dívida. Caso não o faça na sua empresa pense em iniciar e faça um mapa de registo diário das entradas e saídas de dinheiro da sua empresa, este irá auxiliá-lo a ter o seu fluxo de caixa periódico, mensal, trimestral e anual. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

pt_PT